Ajude a Pró-Renal

 

TRANSPLANTE RENAL

O que é o transplante renal?

É uma cirurgia na qual um rim saudável é colocado em um indivíduo portador de insuficiência renal crônica, com objetivo de recuperar as funções renais perdidas.

Como o paciente em diálise deve ser preparado para o transplante?

É preciso que o paciente esteja em ótimas condições clínicas para que o transplante tenha êxito. Assim, serão minimizados os possíveis riscos referentes à cirurgia e anestesia, bem como o pós-operatório.

Os pacientes que têm hipertensão arterial de difícil controle, diabéticos, coronariopatas e fumantes devem ser investigados detalhadamente do ponto de vista cardiovascular, e quando necessário, deve ser realizado o cateterismo cardíaco.

Para os portadores dos vírus das hepatites B e C também deve ser feita a avaliação do funcionamento do fígado, de grande importância no metabolismo dos anestésicos e medicamentos imunossupressores.

Em determinados pacientes, é imprescindível uma avaliação psicológica.

Quais as contra indicações para o transplante renal?

As contra-indicações são impostas pelas condições de saúde do paciente, como em qualquer outra cirurgia. Portadores de enfermidades hepáticas, cardiovasculares ou infecciosas que não se encontrem controladas e pacientes gravemente desnutridos são contra-indicações formais para esta operação.

Pacientes com distúrbios psiquiátricos, abuso de álcool ou drogas, ou problemas graves na estrutura familiar, podem comprometer o uso correto dos medicamentos e controles médicos e laboratoriais no pós-transplante.

Quais os tipos de doadores?

Existem os doadores vivos (parentes ou não) e os doadores cadavéricos.

O que é um transplante com doador vivo relacionado?

É o transplante realizado com o rim proveniente de uma pessoa viva, aparentada por laços de sangue com o receptor, geralmente pais, irmãos ou filhos. Excepcionalmente é possível realizar transplantes com rins doados de parentes.

Quais as condições necessárias para ser um doador vivo?

  • Manifestar desejo espontâneo e voluntário de ser doador;
  • Demonstrar parentesco;
  • Estar em boas condições clínicas e psicológicas;
  • Ter compatibilidade ABO com o receptor;
  • Submeter-se a exames para comprovar sua compatibilidade (HLA e cross-match);
  • Submeter-se a exames médicos, laboratoriais e radiológicos previamente estabelecidos, necessários para assegurar ao doador uma cirurgia sem inconvenientes e um pós-operatório confortável, assim como dar-lhe segurança de que adoação não afetará sua qualidade de vida, sua capacidade laborativa e suas possibilidades de procriar.

Quais os riscos que corre um doador vivo?

Toda pessoa que se submete a uma cirurgia e anestesia geral corre riscos que podem, no entanto, ser minimizados com os exames pré-operatórios e os avanços nas técnicas anestésicas e cirúrgicas.

Por outro lado, as funções renais podem ser realizadas de forma normal por um único rim (como se observa em pessoas que já nascem com um rim único, ou em vítimas de acidentes ou enfermidades com perda de um dos rins). O seguimento a longo prazo não demonstra transtornos.

Qual o grau de compatibilidade que deve haver entre um doador vivo e um receptor?

Os dois devem ter o mesmo grupo sanguíneo (A, B, AB ou O) ou serem de grupos compatíveis entre si (por exemplo, um rim de um doador do grupo O pode ser transplantado em receptores de qualquer grupo sanguíneo).

Deve existir também a compatibilidade determinada pelo sistema HLA (antígeno leucocitário humano).

Por exemplo: todo indivíduo herda metade do HLA de seu pai e metade de sua mãe. Por isso, quando o paciente recebe um rim de seu pai ou de sua mãe, ele terá 50% de compatibilidade HLA.

Quando o transplante é realizado entre irmãos, existem três situações: podem compartilhar somente metade (25%) do HLA; podem ser HLA idênticos; ou então podem ser absolutamente distintos. Em qualquer das situações o transplante poderá ser realizado.

Dr. M.C. Riella
Médico Nefrologista - CRM 2370 PR

Voltar

Redes Sociais
Twitter Facebook You Tube
Quiz Renal

Teste AquiVocê sabe como estão os seus rins?

Newsletter

Cadastre seu e-mail abaixo e fique por dentro do que acontece na Pró-Renal.

Newsletter

Acesse todos os eventos

Newsletter

Seja um parceiro da Pró-Renal Brasil.

logo logo logo logo logo logo logo logo logo

Clique aqui e saiba como.

Newsletter

logo

Info Ciência
Info Renal

Clique aqui e veja todas as edições do Jornal da Pró-Renal Brasil

Copyright 2011 - Pró-Renal Brasil. Todos os direitos reservados.

Av Vicente Machado, 2190 I Batel I Curitiba - PR | CEP 80440-020 I Telefone: 0800 41 6002 | 41 3312.5400
contato@pro-renal.org.br